Acumulado de chuva entre os dias 18 e 25 de janeiro

em 22/01/2021 - Por Redacao

Destaque para a chuva que supera os 130 mm em cinco dias entre o norte catarinense e o sul e leste do Paraná.

A semana será marcada por tempo firme, ensolarado e quente na maior parte do Rio Grande do Sul, com exceção da faixa que tem chuva isolada e com baixo acumulado. Por outro lado, chove de forma volumosa em grande parte de Santa Catarina e do Paraná, com acumulados que superam os 130 mm em cinco dias entre o norte catarinense e o sul e leste do Paraná.

Chove com acumulados um pouco mais baixos também no oeste, centro e sul paulista, restante do Paraná, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. No Nordeste, chuvas se espalham desde o Maranhão até o litoral leste, com maiores acumulados entre o centro-norte maranhense até o Piauí. Por outro lado, o tempo fica mais seco na Bahia, Espírito Santo, centro e norte de Minas Gerais, leste de Tocantins e de Goiás.

Posteriormente, a partir do próximo fim de semana, a chuva aumenta entre São Paulo, Minas Gerais e norte do Rio Grande do Sul, e diminui no Paraná e Santa Catarina, embora ainda não cesse. Diminui também a chuva entre Mato Grosso, Goiás e Tocantins e os acumulados ficam mais baixos. Já o tempo seco continua do centro-norte de Minas Gerais até a Bahia.

Em relação à umidade do solo

Com o atual cenário, a umidade do solo pode ser recuperada em 10% entre o leste do Piauí até o agreste da Paraíba. Por outro lado, a umidade do solo poderá ser reduzida em 10% desde o sul do Piauí até o sul de Minas Gerais e sobre o Rio Grande do Sul até o dia 24 de janeiro.

E as temperaturas? 

Com relação à temperatura, não teremos máximas extremas, mas o calor prossegue especialmente no Norte, Centro-Oeste e no Rio Grande do Sul.

Até o final de janeiro o padrão de chuvas não deve mudar muito em relação ao observado nas últimas semanas.

As frentes frias continuam atuando um pouco mais ao sul, decorrente da posição da Alta da Bolívia e do Vórtice Ciclônico em altos níveis sobre o Nordeste do Brasil, que impede que as frentes frias avancem para o Nordeste.

A presença das frentes frias localizadas sobre São Paulo favorece a organização da umidade da Amazônia e das chuvas sobre o Centro-Oeste.

Veja agora a previsão do tempo em sua cidade!

Categorias desse post:

Palavras chave desse post: