Período seco dificulta elevação do nível do Cantareira

Com a chegada do outono, reservatório deve receber pouca chuva em abril

Perto de concluir a primeira quinzena de abril, o sistema Cantareira apresenta um volume acumulado de 39,2 mm, segundo dados da SABESP (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo). A média do mês é de 86,6 mm.

Cantareira recebe poucas chuvas nas duas primeiras semanas de abril / Fonte: Banco de Imagens da Somar Meteorologia

Cantareira recebe poucas chuvas nas duas primeiras semanas de abril / Fonte: Banco de Imagens da Somar Meteorologia

Em comparação com o fim de março, o nível do reservatório sofreu uma pequena redução de 95,0% para 94,9% de sua capacidade. Sem o volume morto, o nível permanece o mesmo do mês anterior com 65,7%.

Segundo a Somar Meteorologia, a frente fria que se afasta nesta quinta-feira (13) do Sudeste não favoreceu as chuvas na área das represas. De acordo com a meteorologista Olívia Nunes, novas instabilidades se formam na região Sul na próxima semana e podem ocasionar precipitação isolada na região do Cantareira. “O mês de abril deve finalizar com pancadas de chuvas isoladas e não há expectativas de grandes volumes por conta do período seco, iniciado com a chegada do outono”, lembra Olívia.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

Páscoa: Como vai ficar o tempo no feriado?

Feriado: Litoral de São Paulo terá chuva fraca e isolada