" }
Novembro termina com chuva no Cantareira

Mês foi de chuvas regulares no reservatório que opera com 73% de sua capacidade nesta semana

Pela segunda vez consecutiva a principal fonte de abastecimento da cidade de São Paulo deve encerrar o mês com chuvas acima da média. Em outubro, o Cantareira registrou 175,3mm ante a média climatológica de 128,2mm. Já em novembro, a média de 161,3mm está para ser alcançada, já que até agora, o reservatório recebeu 124mm.

shutterstock_27815236

Mês de novembro será encerrado com chuva no Cantareira/ Fonte: Banco de imagens da Somar Meteorologia

Apesar do grande volume registrado neste mês, o nível do reservatório subiu apenas 1% em comparação ao início do mês. De acordo com os dados da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), o Cantareira opera nesta quinta-feira (23) com 73,3% de sua capacidade, mas sem contar o volume morto, o nível do reservatório continua abaixo da metade, com 44% do volume original.

Segundo a Somar Meteorologia, as precipitações que foram volumosas no começo do mês, perderam a força nos últimos dias, mas uma frente fria que deve se formar neste domingo (27) na região Sul, promete avançar sobre o Sudeste e trazer novos temporais para os arredores do manancial.

“Além disso, as chuvas devem continuar mais regulares no Sudeste nos próximos meses, a previsão é de que o reservatório continue recebendo precipitações acima da média pelo menos até meados do verão”, comenta a meteorologista da Somar, Fabiene Casamento.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

São Paulo: Tempo favorece as compras de fim de ano

Meteorologia volta a apontar possibilidade de La Niña