Meteoros Leonídeos riscam o céu neste fim de semana

Penúltima chuva de meteoros do ano terá pico na noite desta sexta-feira (17) e madrugada do sábado (18). Confira onde vai dar para ver:

Os resquícios do cometa Tempel-Tuttle, que se originam na constelação de Leo cruzam os céus desde a primeira quinzena de novembro. A chuva de meteoros Leonídeos acontece todas as noites até o fim do mês, mas o auge ocorre na madrugada desta sexta-feira (17) para o sábado (18), com pico às 3h da manhã.

pexels-photo-631477

Meteoros Leonídeos cruzam os céus nesta madrugada/ Fonte: Pexels

Até 10 meteoros por hora poderão ser visualizados no ponto alto do show que ainda deve ser potencializado pelos meteoros Taurídeos, menos conhecidos, além de uma lua na fase nova, que promete deixar o céu mais escuro e consequentemente favorecer a observação dos expectadores.

De acordo com o meteorologista Celso Oliveira, da Somar Meteorologia, o auge do fenômeno deve ser favorecido entre o norte paulista e sul de Minas Gerais, Rio de Janeiro, sul baiano, grande parte do Rio Grande do Sul e faixa norte da região Norte.

“A passagem de uma frente fria deve manter o tempo completamente fechado entre Santa Catarina e Paraná, e aliado à outras instabilidades, o sistema deve espalhar nebulosidade por grande parte do país, o que é comum nesta época do ano, uma vez que o Brasil está entrando no período úmido, quando há maior formação de nuvens de chuva”, afirma Oliveira.

Segundo o profissional, o período mais favorável para a observação de fenômenos astronômicos no país, se concentra no período seco, entre meados do outono e inverno, quando o tempo firme predomina nas regiões.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

Conferência climática da ONU tem início na Alemanha

Oceano Pacífico segue em condição de La Niña