" }
Frente fria trará chuva para o Cantareira na última semana do ano

Precipitações devem contribuir com elevação do reservatório no final de dezembro

Após dois meses de chuvas acima da média, a expectativa é de que o Cantareira encerre mais um mês com acumulado elevado de precipitações. Até a sexta-feira (23), o reservatório registrou 104,7mm e de acordo com a previsão da Somar Meteorologia, a frequência das chuvas deve aumentar novamente até o final de dezembro.

shutterstock_240858571

Frente fria traz chuva para o Cantareira na próxima semana/ Fonte: Banco de imagens da Somar Meteorologia

Desde a segunda-feira (19), um Vórtice Ciclônico de Altos Níveis, fenômeno que bloqueia a passagem de frentes frias, atua sobre Sudeste e impede a passagem das precipitações. “Até foram registradas pancadas de chuva pelo Estado de São Paulo, mas as nuvens mais carregadas não conseguiram chegar às áreas próximas ao Cantareira”, explica o meteorologista da Somar, Celso Oliveira.

Segundo o especialista, o tempo firme tem predominado na região Sudeste, mas este padrão está prestes a mudar. “Na próxima semana, por volta da terça-feira (27) uma frente fria deve conseguir avançar até o sul de Minas e promete contribuir para a elevação no nível do reservatório que deve terminar o mês com chuvas próximas ou até acima da média, que é de 220,5mm”.

Na próxima sexta-feira (30), completa-se um ano desde que o reservatório recuperou o volume morto, após uma crise hídrica que durou 594 dias. O Cantareira opera nesta sexta-feira (23) com 75% de sua capacidade total, sem contar o volume morto, o nível é de 45,7%. A última vez que o reservatório registrou este volume foi entre os dias sete e oito de setembro de 2013.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

 

Noite de Natal será quente e abafada no país

Chuva forte à tarde continua em São Paulo

Como será o verão?