Energia: Tem possibilidade de bandeira vermelha nos próximos meses?

Após quatro meses de bandeira verde, conta de luz fica mais cara em maio com sinalização amarela na conta de luz

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) confirmou na última semana a implementação da bandeira amarela na conta de luz referente ao mês de maio. Isso significa que após quatro meses de bandeira verde, sem cobrança adicional, o consumidor deve pagar uma taxa extra de R$1,00 a cada 100kw/h consumidos ao longo deste mês.

energia

Bandeira amarela deixa a conta de luz mais cara em maio/ Fonte: Fotos Públicas

Segundo a operadora, foi possível manter a bandeira verde ao longo do verão, porque as chuvas que atingiram o país nos primeiros meses do ano mantiveram a manutenção dos reservatórios de energia, que operaram sem o auxilio das térmicas. Mas a partir de maio, com a tendência típica de outono de chuvas menos frequentes, a geração de energia passa a contar com o auxilio de outros meios além da geração por meio de hidrelétricas, o que torna o processo mais caro e por isso é cobrada a taxa extra.

Energia solar: Como o clima interfere na geração de energia elétrica?

Por que antes era verde?

O período úmido que compreende principalmente os meses de primavera e verão foi influenciado pela atuação do La Niña no início de 2018. O sistema que consiste no resfriamento das águas do Oceano Pacífico favoreceu as chuvas no Centro-Norte do país, o que permitiu que o Subsistema Norte alimentasse o Nordeste, que continuava sendo prejudicado pelo déficit hídrico que assola a região há pelo menos cinco anos.

O mesmo aconteceu com o Sudeste/Centro-Oeste. O principal Subsistema do país recebeu chuvas próximas da média durante o verão, o que garantiu a geração de energia através de hidrelétricas e permitiu o reforço para o Subsistema Sul, cuja produção é afetada pelo La Niña.

O que acontece agora?

Enquanto o La Niña beneficia o Norte do país, o sistema tradicionalmente causa estiagens na região Sul. Como desta vez, o fenômeno se manifestou com fraca intensidade, as chuvas não cessaram completamente, mas foi o suficiente para causar um déficit nos reservatórios de energia, e o Sistema precisou ser complementado pelo Sudeste/Centro-Oeste.

energia 2

Balanço de energia em 08/05 (valores em MW)/ Fonte: ONS – Organização Nacional do Sistema Elétrico

A impletenção da bandeira amarela em maio ocorreu porque com a diminuição das chuvas no outono, outras formas de geração de energia, como as térmicas e a eólica se fazem necessárias. Atualmente a geração térmica corresponde a 13% da energia gerada para abastecer todo o país.

E vai ter bandeira vermelha?

Segundo o climatologista Paulo Etchichury da Somar Meteorologia, a redução da geração por hidrelétricas é normal nesta época do ano, já que o recesso das chuvas durante o outono e inverno, é característico das estações, que fazem parte do chamado “período seco”.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.