Dezembro começa com a única Super Lua do ano

Nebulosidade pode atrapalhar a visualização do fenômeno na maior parte do país. Nordeste deve ser privilegiado:

Dezembro mal começou e a presença de uma Super Lua já deve marcar o primeiro fim de semana do último mês de 2017. Na noite do domingo (03), o satélite deve se encontrar na fase cheia e no ponto mais próximo da Terra pela primeira e única vez neste ano, mas nem todo mundo vai conseguir ver a Super Lua que só deve se repetir mais uma vez antes de 2020.

pexels-photo (1)

Super Lua acontece neste fim de semana/ Fonte: Pexels

A Lua se move ao redor da Terra em uma órbita elíptica, em um ciclo que dura 28 dias. Isto quer dizer que ela se afasta e se aproxima do planeta a cada 14 dias, aproximadamente. Quando a lua está na fase cheia ou nova se encontra no ponto mais próximo da Terra, conhecido como perigeu, ocorre o que os astrônomos chamam de Super Lua.

Em 2017, o fenômeno aconteceu em maio e junho, porém não foi visível, uma vez que a lua estava na fase nova. Já neste domingo, a Super Lua ocorre justamente na primeira noite de Lua Cheia.

De acordo com a técnica em meteorologia Patricia Vieira, da Somar Meteorologia, o fenômeno deve ser visível em praticamente todo o Nordeste, onde o tempo firme predomina durante o final de semana. “No restante do país, áreas de instabilidade, comuns nesta época do ano, espalham nuvens carregadas que devem impedir a visualização”.

A próxima Super Lua Cheia ocorre em 2 de janeiro. Depois disso, as Super Luas de 2018 devem acontecer na fase nova, então a visualização será prejudicada. Outra Super Lua Cheia só poderá ser vista em março de 2020.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

 

Dezembro mantém chuvas distribuídas pelo Brasil

Somar Meteorologia lança plataforma para o agronegócio