Conta de luz vai ficar mais cara em novembro

Aneel aprova reajuste da bandeira vermelha patamar 2 de R$3,50 para R$5,00. Tarifa extra deve prevalecer já em novembro

O baixo nível dos principais reservatórios de energia do país ocasionaram o uso do patamar 2 da bandeira vermelha neste mês de outubro. A tarifa foi estabelecida pela primeira vez desde sua aprovação em janeiro de 2016, mas já deve sofrer alterações e a taxa extra pode ficar até 43% mais cara durante o mês de novembro.

Hidroeletricas (2)

Tarifa extra da conta de luz aumenta em novembro/ Fonte: Banco de imagens da Somar Meteorologia

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou nesta terça-feira (24) o aumento da tarifa do patamar 2 que atualmente é de R$3,50, para R$5,00 a cada 100kw consumidos por hora. De acordo com o órgão, a nova tarifa já deve valer em novembro, mas antes deve passar por uma audiência pública, onde ainda pode sofrer alterações.

Além do reajuste na bandeira vermelha, outra tarifa que deve mudar é a da amarela, que foi acionada pela última vez em setembro. A taxa cai de R$ 2,00 para R$1,00 a cada 100kw/h, enquanto o patamar 1 da bandeira vermelha continua estacionado em R$3,00.

Segundo dados da ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico), o Sistema Sudeste/ Centro-Oeste, principal fonte de abastecimento de energia do país, termina outubro com 18% de sua capacidade. No início do mês o nível era de 23%, enquanto em setembro, o reservatório contava com 32%. O Sistema Sul é o que está com maior volume armazenado, com 44%, enquanto os sistemas Norte e Nordeste operam com 22% e 6% respectivamente.

A previsão da Somar Meteorologia, é de que as chuvas se espalhem por grande parte do país durante o mês de novembro, com estiagens pontuais apenas no Rio Grande do Sul. Sudeste e Centro-Oeste devem contar com chuvas mais abrangentes intercaladas com períodos de tempo firme ao longo do mês, enquanto o Nordeste e a metade sul da região Norte recebem as precipitações mais significativas na primeira e última semana do mês.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

Cresce a possibilidade de La Niña se configurar até o verão

Como será novembro?