Conferência climática da ONU tem início na Alemanha

Países signatários do Acordo de Paris pretendem prosseguir com os trabalhos realizados em 2015

A abertura da 23º Conferência de Clima da ONU (Organização das Nações Unidas) ocorreu no início desta semana na Alemanha. O evento climático vai de 6 a 17 de novembro.

Cerimônia de abertura da COP-23 na Alemanha / Fonte: Fotos Públicas

Cerimônia de abertura da COP-23 na Alemanha / Fonte: Fotos Públicas

A conferência dará continuidade às tratativas do Acordo de Paris, que aconteceu em 2015 e com o qual os Estados Unidos romperam. Embora aconteça no país alemão, são as Ilhas Fiji que presidem a COP23 neste ano. Uma das discussões a ser feita é a ratificação das metas estipuladas em Paris, entre as quais a manutenção do aquecimento global abaixo dos 2ºC.

Na segunda-feira (06), o secretário-geral da OMM (Organização Meteorológica Mundial), Petteri Taalas, afirmou que 2017 será um dos anos mais quentes registrados. De acordo com o Taalas, este ano deve ficar entre os três mais quentes desde o século XIX, quando começaram os registros. O secretário também ponderou as temperaturas elevadas na Ásia e os furacões recordes no Atlântico.

De acordo com a Somar Meteorologia, a ausência de El Niño evitou as temperaturas extremas. “Mesmo assim, a irregularidade das chuvas contribuiu para o aumento do calor e, nesse sentido, o Brasil influenciou nessa marca”, comenta o meteorologista Celso Oliveira.

Patrícia Espinosa, secretária executiva da ONU para mudanças climáticas ressalta a importância de haver novas metas, além das já firmadas em Paris.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

 

Bahia tem chuva intensa nesta semana