Clima: Brasil sedia primeiro encontro de autores do IPCC

Encontro do Painel Intergovernamental sobre Mudança do Clima avalia os impactos do aumento da temperatura em 1,5ºC até 2100

O Brasil sedia nesta semana o primeiro encontro de autores do IPCC (Painel Intergovernamental sobre Mudança do Clima) para produção de um relatório especial que avalia os impactos do aumento da temperatura do planeta em 1,5ºC acima dos níveis pré-industriais até 2100.

Foto: Banco de Imagem Somar Meteorologia

Foto: Banco de Imagem Somar Meteorologia

O encontro que é realizado entre os dias 06 e 10 de março na sede do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), em São José dos Campos/SP, conta com a participação de mais de 80 cientistas para um desdobramento do Acordo de Paris, que foi assinado por 165 países no dia 22 de abril de 2016, na sede da ONU (Organização das Nações Unidas).

Dividido em cinco capítulos, o relatório tende a promover o desenvolvimento sustentável, impactos nos sistemas naturais e humanos, além dos esforços para erradicação da pobreza. Além disso, o documento especial produzido no interior de São Paulo e em outros encontros será entregue em setembro de 2018 e fará parte de outros seis previstos até 2022, quando terminar o ciclo da pesquisa.

Para a Somar Meteorologia, o Acordo do Clima é uma evolução na compreensão do tema, mas a responsabilidade não é apenas dos cientistas e lideranças mundiais, mas também da população. “Cada cidadão tem que preservar o seu ambiente, a fim de contribuir para a mitigação dos efeitos do aquecimento global, que é algo natural”, comenta o climatologista Paulo Etchichury.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

 

 

Meteorologia confirma fim do La Niña

Como se mede o volume da água?