Chuva não alivia crise hídrica em Brasília

Nível dos reservatórios apresentou queda na primeira quinzena de maio

A semana começou com chuva fraca em Brasília e de acordo com a Somar Meteorologia as precipitações ainda devem atingir a região intercaladas com períodos de melhoria até o final da semana. Apesar disso, os volumes ainda não devem ser suficientes para recuperar o abastecimento da Capital Federal que está em racionamento desde 16 de janeiro.

chuva (66)

Chuva não recupera reservatórios em Brasília/ Fonte: Banco de imagens da Somar Meteorologia

Os dados do INMET (Instituto Nacional de Meteorologia) apontam que a cidade registrou apenas quatro dias de chuva durante todo o mês de abril. Foram 25,7mm, que correspondem a cerca de 20% da média que é de 123,8mm. Já na primeira quinzena de maio, os volumes registrados foram menores ainda. Até esta terça-feira (16) a capital recebeu 2,2mm de chuva, que correspondem a 6% dos 39,3mm esperados para um mês de maio.

“A chuva deve continuar na capital até a quinta-feira (18), o tempo abre entre a sexta e o sábado (20), mas a nebulosidade volta a aumentar no domingo (21). Ainda assim, são esperados baixos volumes, o que alivia o tempo seco e melhora a qualidade do ar, mas não é suficiente para recuperar o nível dos reservatórios”, explica o meteorologista da Somar, Celso Oliveira.

Segundo as informações da Adasa ( Agência reguladora de águas, energia e saneamento básico do Distrito Federal), o nível do Descoberto caiu de 56,41% para 55,07% desde o início de maio, enquanto Santa Maria, registrou uma queda de 53,89% para 53,3%.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

Bandeira vermelha deve vigorar até o final de 2017

Semana será de instabilidades no Centro-Oeste

Expectativa para El Niño no 2º semestre de 2017 diminui