Chuva no Cantareira fica abaixo de 1% da média de setembro

Faltando uma semana para o término do mês, reservatório acumulou apenas 0,23% da média climatológica

O Sistema Cantareira opera com 53,5% de sua capacidade nesta sexta-feira (22) de início de primavera, segundo dados da SABESP (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo). Desde o começo do mês, teve uma queda de 4,8%. Até agora, o manancial acumulou 0,2mm de chuva diante de uma média de 87,1mm.

Chuva acumulada fica abaixo de 1% da média do mês / Fonte: Banco de Imagens da Somar Meteorologia

Chuva acumulada fica abaixo de 1% da média do mês / Fonte: Banco de Imagens da Somar Meteorologia

O baixo volume acumulado deve-se ao período de estiagem por qual passou a região do reservatório desde o início de setembro. Segundo a Somar Meteorologia, essas áreas voltam a receber chuva, mas não aumentam o nível do sistema. “A precipitação do fim de semana quebra a estiagem de cidades do interior paulista e Triângulo mineiro”, afirma o meteorologista Celso Oliveira.

Durante a virada do mês, o oeste do Estado paulista ainda recebe volumes, mas apenas em outubro retornam de forma regularizada e abrangente.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

Chuvas ganham força no Sul a partir desta sexta-feira (22)

Como fica o tempo no primeiro fim de semana da primavera?