" }
Cantareira: Confira o nível dos reservatórios em São Paulo

Veja no gráfico a situação dos reservatórios na Região Metropolitana de São Paulo

A Somar Meteorologia disponibiliza todos os dias informações sobre os níveis dos reservatórios do Estado de São Paulo. No gráfico abaixo você pode acompanhar o volume armazenado e a pluviometria (chuva) diária nos sistemas Cantareira, Alto Tietê, Guarapiranga, Alto Cotia, Rio Grande e Rio Claro. Basta selecionar a informação que procura.

 

Entenda como funciona

O sistema Cantareira é o maior e o mais importante reservatório do Estado de São Paulo e abastece cerca de 5,3 milhões de pessoas na região metropolitana.

 Vale salientar que para o nível do Cantareira aumentar é necessário que chova nas regiões sul de Minas Gerais e norte de São Paulo, especificamente em quatro cidades: Extrema, Itapeva e Camanducaia (no distrito Monte Verde) em  Minas Gerais, e  Joanópolis em São Paulo – municípios que abastecem os reservatórios do Sistema. 

Para o aumento do nível dos mananciais, a qualidade da chuva é importantíssima: ela deve ser abrangente, duradoura, frequente e homogênea. Para isso, de acordo com os meteorologistas da Somar, serão necessários alguns verões com grande acumulado de água. Ou seja, a solução a curtíssimo prazo é mesmo a economia de água.

Clique aqui e confira a previsão do tempo na sua cidade

 

VEJA MAIS

Umidade relativa diminui e prejudica a saúde humana

Tempo seco agrava doenças oculares

Você sabe o que é sensação térmica?

 

Reservatórios

Tamanho do Sistema Cantareira dificulta aumento no nível dos reservatórios