Último fim de semana do verão será de friozinho no Centro-Sul

Frente fria e massa de ar frio deixam término da estação com temperaturas abaixo dos 23ºC

A última semana da estação mais quente do ano já teve a cara do outono no Centro-Sul. Com a passagem de duas frentes frias e uma massa de ar frio de baixa intensidade, a semana começou com mínimas na casa dos 10ºC e manhãs mais frias do ano registradas em pelo menos 20 cidades da região Sul, inclusive nas capitais gaúcha e catarinense. E tem mais friozinho vindo por aí.

shutterstock_214432093

Fim de semana será de friozinho no Sul e Sudeste/ Fonte: Banco de imagens da Somar Meteorologia

De acordo com a Somar Meteorologia, o segundo sistema se formou ainda na noite da quarta-feira (15) e trouxe chuvas significativas para o Rio Grande do Sul. A chuva veio acompanhada de ventos de mais de 90km/h nas cidades que fazem fronteira com o Uruguai, e as temperaturas voltaram a cair gradativamente.

A previsão é de que a frente fria passe pelos Estados de Santa Catarina e Paraná nesta sexta-feira (17), com precipitações menos intensas comparadas às do último fim de semana, porém, ainda há riscos de temporais pontuais, que podem trazer novos transtornos para cidades como São Francisco de Paula, onde milhares de famílias estão desabrigadas desde o domingo (12), por conta de um tornado que atingiu a região durante a tempestade.

No fim de semana, o sistema chega à metade sul do Sudeste. Os acumulados podem chegar perto dos 100mm no litoral de São Paulo e Vale do Paraíba entre o sábado (11) e o domingo (19). Enquanto no Rio de Janeiro, os maiores volumes são previstos entre o domingo e a segunda-feira (20).

Além da chuva, o friozinho também deve ganhar destaque durante os próximos dias. “A baixa incidência de radiação solar por conta da nebulosidade, junto a uma massa de ar frio deve fazer com que as mínimas se mantenham em torno dos 10ºC em grande parte do Sul do país, com máximas que não passam muito dos 20ºC, principalmente no leste da região”, afirma o meteorologista da Somar, Celso Oliveira.

No Sudeste, a queda nas temperaturas ocorre principalmente no domingo, quando as máximas se mantêm abaixo dos 23ºC em grande parte do Estado de São Paulo. Rio de Janeiro e sul de Minas Gerais também devem sentir uma amenizada no calor, mas de forma menos acentuada com temperaturas que caem dos 33ºC para os 27ºC.

Centro-Norte

No Centro-Oeste, a umidade da Amazônia atraída pela frente fria, espalha precipitações por toda a região. Chove forte no domingo principalmente em Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal, e as temperaturas também ficam um pouco mais amenas, com máximas que chegam aos 26ºC em Goiânia.

Na região Norte, a chuva continua durante todo o fim de semana, mas com acumulados menores comparados aos que devem atingir a região entre esta quinta e sexta-feira. Apesar disto, o alerta para transtornos na BR-163, além das áreas mais próximas aos rios continua. A bacia do Rio Xingu, na altura de Porto de Moz, próximo à Santarém, está em risco de inundação desde 11 de março.

Já no Nordeste, a chuva segue concentrada na faixa norte entre Maranhão e Ceará e chega a atingir parte do interior da região, mas de forma menos significativa. O destaque fica por conta da faixa leste, onde as temperaturas ficam mais amenas por conta do vento que do mar para a costa e passa pelas águas do Oceano Atlântico que estão mais frias que o normal para esta época do ano.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

O que esperar do outono no Brasil?

Temperaturas ficam amenas na faixa leste do Nordeste