Primavera: Calor e consumo de sorvete aumentam com a primavera

Apesar do verão ser em média a estação mais quente do ano, é no começo da primavera que são registrados os extremos de calor no Brasil. E quando esquenta, um bom jeito de refrescar é tomar um bom sorvete. Não é à toa que o dia do sorvete é comemorado no dia 23 de setembro, […]

Apesar do verão ser em média a estação mais quente do ano, é no começo da primavera que são registrados os extremos de calor no Brasil. E quando esquenta, um bom jeito de refrescar é tomar um bom sorvete. Não é à toa que o dia do sorvete é comemorado no dia 23 de setembro, justamente quando as temperaturas voltam a subir no país.

Na sorveteria Alaska, em São Paulo, o movimento cai muito durante o inverno, mas os picos de calor da primavera fazem com que a clientela retorne. De acordo com a proprietária do local, os dias mais cheios são sexta-feira, sábado e domingo, à tarde e com sol, mas ela também garante que se as noites forem muito abafadas, a procura pelos sorvetes cresce. “Nesta época é normal ter extremos de calor, pois os dias são mais longos, o Brasil está recebendo mais energia solar e as chuvas ainda não se regularizaram.

Com sol e tempo seco, as temperaturas sobem facilmente”, explica a meteorologista da Somar Meteorologia, Olívia Nunes. Nesta semana mesmo o calor deve ser intenso no norte de São Paulo e oeste de Minas Gerais, onde as temperaturas vão passar dos 33°C. No Centro-Oeste, nos próximos 15 dias, o calor de mais de 35ºC continua e os valores mais altos se concentram em Mato Grosso. E os lugares onde mais vai dar vontade de tomar um sorvetinho são Norte e Nordeste do país.

As máximas, temperaturas registradas à tarde, devem chegar aos 35°C, mas os termômetros podem alcançar os 40°C nas próximas duas semanas. Depois da segunda quinzena de outubro, com a regularização das chuvas, as temperaturas voltam ao normal. Para a primavera de 2014 a previsão é que os termômetros fiquem dentro da média para o período.