" }
Frente fria perde força no fim de semana

Apesar do enfraquecimento do sistema, corredor de umidade ainda provoca chuva em grande parte do país

O avanço de uma frente fria pela costa do Sudeste organizou a umidade da Amazônia e provocou chuva em todo o Estado de São Paulo, além das regiões Norte e Centro-Oeste nesta quinta-feira (26). De acordo com a Somar Meteorologia, o sistema deve se afastar rumo ao oceano nos próximos dias, mas isso ainda não garante que o tempo volte a ficar firme.

little-girl-1895746_1280

Frente fria perde força, mas chuvas continuam em parte do país/ Fonte: Banco de imagens da Somar Meteorologia

Segundo a meteorologista da Somar, Olívia Nunes, apesar do enfraquecimento da frente fria, o corredor de umidade ainda deve manter a nebulosidade no sábado (28). “O dia começa com tempo fechado em parte dos Estados de Rio de Janeiro e São Paulo, mas os maiores volumes de chuva devem ocorrer no Centro-Oeste, no Mato Grosso e leste de Goiás, além do oeste do Amazonas e Acre, na região Norte”.

Mas o dia não deve ser completamente perdido no Sudeste. A profissional afirma que o tempo deve voltar a abrir na capital carioca e o aumento na radiação solar somado aos ventos que vem da direção norte, deve garantir um dia de praia proveitoso com máximas em torno dos 34ºC.

No domingo (29) é a vez da capital paulista contar com maiores períodos de melhoria. “O tempo volta a ficar com cara de verão, com temperaturas mais elevadas, e chove apenas em forma de pancadas pelo menos até a terça-feira (31)”, comenta Olívia.

Além do Sudeste, o sistema também deve provocar precipitações no Paraná e parte de Santa Catarina, em forma de pancadas mais fracas e menos volumosas. No Rio Grande do Sul, o tempo firme predomina e as temperaturas ficam bastante elevadas, com máximas na casa dos 35ºC na região central do Estado.

Já no Nordeste, a chuva que vem atingindo o litoral norte desde a última semana deve se intensificar por conta da atuação de uma Zona de Convergência Intertropical, responsável pelas precipitações na região durante o verão, junto ao VCAN (Vórtice Ciclônico de Altos Níveis), que atua sobre a Bahia e cuja borda mantém as precipitações estacionadas nas praias do Ceará e do Maranhão.

Apenas no interior baiano e na metade norte do Sudeste, é que o tempo firme predomina durante todo o fim de semana, com temperaturas em torno dos 33ºC na capital do Espírito Santo e em Minas Gerais, nas cidades mais próximas da Bahia. “O calor também continua no leste do Nordeste, onde até há risco de chuva em alguns momentos do dia, mas de forma fraca e rápida”, afirma Olívia.

De acordo com a meteorologista, o padrão deve mudar apenas no início de fevereiro, quando as chuvas devem passar a se tornar mais frequentes no Centro-Norte do país, enquanto os períodos de melhoria aumentam no Sul e parte do Sudeste.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

 

Como fica o tempo em fevereiro?

Como cuidar da pele no verão?

2016 bate recorde como o mais quente da história