Chuvas migram para o Centro-Sul no fim de semana

Acumulados significativos são esperados na região Sul, enquanto as precipitações perdem força no Norte e Nordeste do país

A chegada de uma frente fria na Argentina atrai a umidade da Amazônia a partir desta sexta-feira (09) e a chuva que atingiu a metade norte do país de maneira abrangente nos últimos dias perde força durante o fim de semana.

mark-jefferson-paraan-265175

Chuva migra para o Centro-Sul no fim de semana/ Fonte: Unsplash

De acordo com o meteorologista Celso Oliveira, da Somar Meteorologia, as precipitações atingem principalmente os Estados do Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul na sexta-feira, onde as condições passam a ser típicas de verão, com calor durante o dia e pancadas de chuva no fim da tarde até o domingo (11).

“A mudança no padrão meteorológico se torna mais acentuada no sábado (10), o tempo firme predomina em todo o Estado da Bahia, enquanto a chuva perde força no Pará e Tocantins na medida em que avança um pouco mais para a região central, os maiores acumulados se concentram na faixa oeste do país, entre a região Norte e Centro-Oeste, enquanto a frente fria provoca pancadas de chuva nos três Estados do Sul”, afirma Oliveira.

No domingo, a chuva ganha força na maior parte do Rio Grande do Sul, mas os maiores acumulados atingem o leste de Santa Catarina e Paraná. No restante do país, as precipitações ocorrem em forma de pancadas, com exceção do Estado baiano, norte de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo que seguem com tempo seco.

Mesmo com a chuva, as temperaturas ficam elevadas e passam dos 30ºC em praticamente todo o país tanto no sábado quanto no domingo. Apenas na segunda-feira (12) é que a alta nebulosidade derruba as temperaturas que podem ficar até 10ºC mais baixas comparadas ao fim de semana na região Sul e no Estado de São Paulo.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

Como vai ficar o tempo em fevereiro?

Qual é a expectativa do setor elétrico para 2018?