Tempo firme beneficia colheita no país

Julho promete predominância de tempo seco no interior do país, mas não deve prejudicar lavouras

O mês de julho começou com a atuação de um bloqueio atmosférico que mantém o tempo firme e seco na região central do país, e de acordo com a Somar Meteorologia, o padrão deve se manter pelo menos até a próxima semana, o que pode prejudicar as pastagens por conta da baixa umidade do solo, mas beneficia as lavouras que estão em fase de colheita.

Tempo firme beneficia colheita/ Fonte: Banco de imagens da Somar Meteorologia

Segundo a meteorologista da Somar, Juliana Resende, as chuvas seguem concentradas no extremo norte do país até a próxima semana. Em Roraima, os volumes excessivos podem prejudicar as culturas locais.

Os acumulados também ocorrem de forma excessiva no litoral do Nordeste com destaque para o sul da Bahia, mas segundo a meteorologista Nadiara Pereira, a chuva é benéfica o cultivo da cana de açúcar na região.

A próxima semana deve começar com a chegada de uma frente fria que traz chuvas volumosas para o Rio Grande do Sul, mas por conta do bloqueio, as instabilidades não conseguem avançar muito, e o interior do país continua seco, o que beneficia as lavouras em fase de colheita, como o algodão, café e milho.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

 

Menor mínima do ano é registrada em Brasília

Férias: Serra da Mantiqueira tem temperaturas próximas de 0ºC

Como vai ficar o tempo em julho?