Sul:Falta de chuva prejudica fase inicial de desenvolvimento do trigo

Enquanto o excesso de chuva dificultou o plantio no início de junho, inverno seco começa afetando o crescimento da planta

O grande volume de chuva que atingiu a região Sul entre o fim de maio e o início de junho causou prejuízos no plantio do trigo e foi um dos principais motivos que levaram à diminuição nas áreas semeadas. No decorrer das últimas semanas, o tempo firme auxiliou a finalização do plantio, mas agora, a queda na umidade do solo é que preocupa os agricultores.

pexels-photo-127556

Tempo seco prejudica desenvolvimento inicial do trigo na região Sul/ Fonte: Banco de imagens da Somar Meteorologia

Apesar do avanço de algumas frentes frias como a que atingiu parte do Rio Grande do Sul no começo desta semana, a atuação de um bloqueio atmosférico não permite que os sistemas avancem sobre a região e a previsão da Somar Meteorologia, indica a predominância de tempo seco até este fim de semana.

“Mas o agricultor deve ter um alívio na próxima semana, com a mudança no tempo esperada a partir do domingo (16), que deve trazer chuvas mais persistentes desde o Estado gaúcho até o leste do Paraná, onde as nuvens continuam carregadas até a quinta-feira (20), o que deve contribuir para uma manutenção nas condições hídricas do solo”, afirma o meteorologista da Somar, Celso Oliveira.

De acordo com o Informativo Conjuntural da Emater/RS (Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural) houve uma diminuição de aproximadamente 5% da área de trigo da safra 2017 em relação à safra passada. Além das condições meteorológicas, estima-se que incertezas mercadológicas e o grande estoque gerado em 2016 também tenham motivado a redução no plantio deste ano.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

Quando o frio volta para o Rio Grande do Sul?

Sul: Tempo firme predomina a partir desta quarta-feira (12)

Tempo firme beneficia colheita no país