" }
Espírito Santo: Chuva deve beneficiar culturas de irrigação

Por outro lado, volumes acumulados trazem transtornos nas áreas de risco no Estado nesta semana

Uma área de baixa pressão atmosférica na costa do Espírito Santo tem trazido muita chuva sobre o Estado capixaba nesta semana. De acordo com os dados do CEMADEN (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais), os acumulados têm sido elevados nas últimas 24 horas, sendo registrados 84mm em Colatina, 65mm em Itarana e 59mm em Laranja da Serra.

Foto: Banco de Imagem Somar Meteorologia

Foto: Banco de Imagem Somar Meteorologia

“As precipitações causadas pelo sistema meteorológico devem trazer transtornos como erosão e inundações especialmente para o Vale do Rio Doce. Com isso, as áreas produtoras em locais de risco podem registrar perdas agrícolas por conta do excesso de chuva”, alerta o meteorologista Celso Oliveira.

Se por um lado as instabilidades trazem transtornos, por outro, ela ajuda a aumentar o nível dos reservatórios, o que deve beneficiar as culturas de irrigação no Estado.

“A quebra registrada nos últimos anos foi porque parou de chover no Espírito Santo, mas também por causa da diminuição dos níveis dos mananciais. Se formos pensar no período seco do próximo ano, quando os produtores tiverem em uma nova safra e precisarem de água para irrigação, é melhor chover agora do que ter um tempo seco”, finaliza Oliveira.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

 

 

Como se mede o volume da chuva?

Meteorologia volta a apontar possibilidade de La Niña