" }
Como o clima influencia o consumo?

Entenda como o clima impacta no mercado e no seu bolso

Você sabia que a meteorologia está relacionada ao consumo? Da matéria prima ao produto final que é posto à venda, toda a economia é influenciada pelas condições climáticas. Mas o frio e o calor também afetam a decisão de compra e até mesmo o bolso do consumidor. Entenda:

Clima influencia a economia desde a matéria prima até o produto final/ Fonte: Banco de imagens da Somar Meteorologia

Clima influencia a economia desde a matéria prima até o produto final/ Fonte: Banco de imagens da Somar Meteorologia

Antes de plantar, o agricultor precisa saber como o tempo vai impactar no cultivo das plantas. Afinal, até mesmo depois de desenvolvida, a plantação pode ser prejudicada por temporais e geadas, o que pode afetar a oferta dos produtos posteriormente no mercado.

Seja matéria prima ou produto final, o que foi colhido vai precisar ser transportado. E durante este processo, o clima também vai interferir na forma de armazenamento e claro, durante o transporte. “Se o produto perecível e não for embalado e transportado adequadamente com uma refrigeração condizente, ele pode ter sua qualidade alterada ou ficar inválido”, comenta o meteorologista da Somar, Celso Oliveira.

Depois de chegar ao mercado, os cuidados com o armazenamento continuam, mas o preço já foi influenciado desde a produção, além de outros fatores econômicos, como o valor do dólar e a inflação.

No entanto, a preocupação agora é com a venda. Em dias mais quentes, por exemplo, a procura por produtos refrescantes é maior, e para evitar que os produtos mais procurados em dias de frio sejam perdidos, os mercados apostam em promoções. Enquanto nas temporadas frias, acontece o contrário.

E não é só o comércio alimentício. As lojas de varejo também são constantemente afetadas pelo tempo. Os lojistas que trabalham com o comércio de roupas precisam saber até quando dura uma temporada de calor, para não precisar fazer uma liquidação muito grande de roupas quando o frio começa e evitar o prejuízo.

E o consumidor?

Quem tem a decisão de compra, também sofre esta influencia. Você já deve ter percebido que a vontade de tomar café, ou combinar aquele filme com pipoca fica maior no frio. Enquanto no verão, a combinação praia, bebidas geladas e sorvete parece bem mais atrativa.

Compras

Tomada de decisão do consumidor também é influenciada pelo tempo/ Fonte: Banco de imagens da Somar Meteorologia

Isto acontece porque mesmo de forma inconsciente, as pessoas são impactadas pelo clima, desde a alimentação, a escolha das roupas, até a forma de lazer. E isto também está ligado ao bolso do consumidor.

No Brasil, em datas como Carnaval e Ano Novo que costumam ser comemoradas em períodos quentes, o preço de bebidas como cervejas e refrigerantes sobe por conta do aumento na procura. Além disto, a busca por itens de verão como biquínis e viagens de lazer que envolvam praias e piscinas, também cresce.

Lembrando que além do aumento da procura, o tempo também pode impactar diretamente no produto. “No Dia dos Namorados e no Dia das Mães, costuma haver um aumento na venda de flores por conta da procura, e isto pode ser agravado com eventos como geadas”, afirma Oliveira.

O meteorologista relembra os acontecimentos deste ano. “Em junho de 2016, plantações foram queimadas por geadas, quando isto acontece não dá tempo de replantar, o que faz com que o mercado acabe ofertando um número de flores que não atende a demanda e cobre um valor maior por isto”, explica.

 

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

Como vai ficar o clima no Brasil sem o La Niña?

Como é medida a velocidade do vento?

Tempo influencia saúde dos animais