Chuva afeta produção de milho e algodão no Centro-Oeste

Grandes volumes de chuva são esperados na região nos próximos dias e devem beneficiar o milho, mas podem prejudicar o algodão

O tempo firme predominou nos últimos dias na maior parte do Centro-Oeste, mas de acordo com a Somar Meteorologia, a chuva deve voltar a atingir a região a partir desta quinta-feira (11) e ganhar força na próxima semana, o que pode afetar algumas áreas produtoras.

shutterstock_74434414

Chuva excessiva pode afetar algodão e milho no Centro-Oeste/ Fonte: Banco de imagens da Somar Meteorologia

Segundo o meteorologista da Somar, Celso Oliveira, são instabilidades que se formam no Sul do país que devem atrair a umidade da Amazônia e provocar pancadas de chuva pelo Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. “As precipitações ocorrem de forma mais fraca até o fim de semana e aumentam a umidade do solo, o que deve contribuir com o desenvolvimento da segunda safra”.

Mas os volumes mais significativos são esperados a partir da próxima terça-feira (16). “Desta vez, a chuva promete acontecer de forma mais abrangente e persistente. Uma corrente de jato, ventos que sopram de oeste para leste, mantém a chuva concentrada por mais tempo entre o Centro-Oeste e Sudeste do país”, explica Oliveira.

Apesar dos grandes acumulados previstos para as áreas produtoras, o meteorologista afirma que o milho deve continuar apresentando um desenvolvimento favorável às expectativas. No entanto, as plantações de algodão que estão em desenvolvimento, podem ter as fibras prejudicadas pelo excesso de chuva.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

Bandeira vermelha deve vigorar até o final de 2017

Como se mede o volume da chuva?

Como é medida a velocidade do vento?