Terremoto deixa mais de 30 mortos no sul do México

Além do tremor que atingiu 8,2 graus na escala Richter de terremotos, país tem alerta de tsunami, furacão e ainda um outro abalo sísmico

Nesta sexta-feira (08) a contagem de mortos chegou a 32 no sul do México após um forte terremoto que atingiu 8,2 graus na escala Richter durante a madrugada. De acordo com a agência de notícias EFE, o estado de Oaxaca foi um dos locais mais afetados, onde houve pelo menos 23 mortos.

new scientist - terremoto méxico 08'09'2017

Terremoto no México atinge 8,2 graus na escala Richter/ Fonte: New Scientist

Devido a força do tremor, o Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico emitiu para México, Guatemala, El Salvador, Costa Rica, Nicarágua, Panamá, Honduras e Equador, um alerta de tsunami. O governo equatoriano já evacuou quatro ilhas do arquipélago.

Além disso, o presidente mexicano Enrique Peña Nieto, se pronunciou nesta manhã advertindo sobre a possibilidade de uma réplica do terremoto até o sábado (09), que pode chegar a sete graus.

Outro fenômeno que causa preocupação é a atuação do furacão Katia no leste do país. O sistema se formou na última quarta-feira (05) no Golfo do México como tempestade tropical, mas se tornou furacão de categoria 1 na escala Saffir-Simpson durante a quinta-feira (07) e foi elevado a categoria 2 nesta sexta-feira com ventos de até 162km/h.

A previsão é de que Katia toque terra ainda nesta sexta, rumo à Cidade do México e há alerta para chuvas fortes e vendavais na região durante todo o fim de semana. De acordo com a Somar Meteorologia, o aquecimento das águas dos oceanos Atlântico e Pacífico, nesta época de verão no hemisfério norte é o que favorece a formação de fenômenos como este.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

Furacão Irma avança por Cuba e Bahamas em direção à Flórida

Como será setembro?

Energia: Bandeira amarela volta a vigorar no país em setembro