Temporais causam transtornos no Rio de Janeiro

A capital registrou alagamentos, falta de energia e queda de árvores

As chuvas fortes voltaram ao Rio de Janeiro na quarta-feira (21), entre a Região Metropolitana, as áreas serranas e a baixada litorânea.

Chuvas causam transtorno no Rio de Janeiro / Foto: Pixabay

Chuvas causam transtorno no Rio de Janeiro / Foto: Pixabay

Segundo dados das estações meteorológicas, o acumulado foi de 73,7mm em uma hora na capital. O INMET (Instituto Nacional de Meteorologia) registrou ventos de 65,2km/h, que causaram quedas de árvores na cidade. Além disso, durante a madrugada de quinta-feira (22), havia alagamentos em Copacabana, Botafogo, Urca e Laranjeiras.

A assessoria informou que a energia faltou em bairros da zona oeste e sul. Na comunidade Dona Marta, em Botafogo, houve sirene de risco de deslizamento.

De acordo com a Somar Meteorologia, a passagem de uma frente fria intensificou as chuvas no Sudeste. Ao longo do dia, os grandes volumes atingem os Estados mineiro e fluminense. O sistema ainda causa precipitação forte nessas áreas durante a sexta-feira (23).

Nos próximos dias, as instabilidades vão em direção ao Espírito Santo e Bahia. As máximas diminuem no sul do Rio de Janeiro e grande parte de Minas Gerais, onde as chuvas são frequentes.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

Brasília recebe temporais a partir de quarta-feira (21)