Como vai ficar o tempo em fevereiro?

Mês deve ser marcado por chuvas mais frequentes e acima da média na faixa central do país

As primeiras semanas de janeiro foram marcadas pela migração das chuvas do Centro-Norte para a região Sul, com acumulados elevados desde o Rio Grande do Sul até os Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, mas de acordo com a Somar Meteorologia, o mês termina com mudança no padrão, que se mantém em fevereiro.

Fevereiro será de chuvas acima da média e calorão no Norte, Sudeste e Centro-Oeste/ Fonte: Unsplash

Segundo o meteorologista da Somar, Celso Oliveira, as precipitações que causaram transtornos nas últimas semanas em Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul, deve dar uma trégua pelo menos no Estado Gaúcho, que pode encerrar fevereiro com chuva abaixo da média e até mesmo estiagens pontuais.

“No Paraná, ainda há possibilidade de chuvas próximas da média ao longo do mês, mas os temporais ganham destaque mesmo em São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro que devem terminar fevereiro com acumulados acima do esperado”, afirma Oliveira.

No Centro-Oeste e Norte, a previsão também é de chuva acima da média, enquanto no Nordeste, a atuação de um VCAN (Vórtice Ciclônico de Altos Níveis) mantém os volumes de chuva próximos do esperado para esta época do ano, com maiores acumulados no Maranhão, Piauí e oeste baiano.

Apesar dos grandes acumulados previstos para o próximo mês, as chuvas devem ocorrer de forma mais irregular, intercaladas com períodos ensolarados em que as temperaturas ficam elevadas, por isso, máximas acima da média são esperadas na maior parte do país.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

Racionamento completa um ano em Brasília

Chuva excessiva beneficia turismo no Paraná