Semana será de instabilidades no Centro-Oeste

Temporais devem gerar baixos volumes acumulados, mas vêm acompanhados de alto índice de descargas elétricas

A semana começou com chuva no Centro-Oeste. Em Mato Grosso do Sul, a cidade de Aquidauana encerrou o domingo (14) com acumulados em torno dos 74mm na estação convencional do INMET (Instituto Nacional de Meteorologia). A previsão é de que as instabilidades intercalem com períodos de melhoria nos próximos dias.

rain-1640546_1280

Chuvas atingem o Centro-Oeste até o final da semana/ Fonte: Pixabay

De acordo com a Somar Meteorologia, as precipitações devem perder força nesta segunda-feira (15), mas ainda ocorrem em forma de pancadas isoladas pela região. Na terça-feira (16), as instabilidades continuam, e apesar da chuva ocorrer com baixa intensidade, um alto índice de raios é esperado entre o Estado do Mato Grosso e norte de Goiás.

“Uma corrente de jato, ventos que sopram de oeste para leste, mantém a chuva concentrada por mais tempo entre o Centro-Oeste e Sudeste do país, por isso, são esperadas pancadas de chuva mais persistentes até o final da semana.”, explica o meteorologista da Somar, Celso Oliveira.

Na quarta-feira (17), as precipitações voltam a se deslocar para o Mato Grosso do Sul, desta vez com volumes mais significativos. A chuva deve ganhar força entre a quinta e a sexta-feira (19) e a cidade de Campo Grande deve registrar pelo menos 80mm de chuva entre a metade da semana e o sábado (20).

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

Bandeira vermelha deve vigorar até o final de 2017

Como se mede o volume da chuva?