RN tem o menor nível hídrico em seis anos

As previsões apontam para chuvas irregulares e de baixo acumulado nos próximos dias

Segundo o monitor da Agência Nacional das Águas, o Rio Grande do Norte expandiu as áreas de seca nos últimos meses devido às poucas chuvas e às temperaturas elevadas. O cenário favorece o quadro de crise hídrica, que persiste há seis anos e já deixou 153 cidades em situação de emergência, conforme publicado no Diário Oficial em setembro de 2017.

Crise hídrica no Rio Grande do Norte já dura seis anos / Foto: Banco de Imagens da Somar Meteorologia

Crise hídrica no Rio Grande do Norte já dura seis anos / Foto: Banco de Imagens da Somar Meteorologia

De acordo com o Igarn (Instituto de Gestão de Águas do Rio Grande do Norte), a disponibilidade hídrica do Estado diminuiu de 73,3%, em 2010, a 11,58%, no final de 2017. A principal barragem, Armando Ribeiro Gonçalves, opera com 12% de sua capacidade e entrou no volume morto. A segunda maior barragem é a de Santa Cruz, que se encontra com nível de 14,57%. Em comparação com dezembro de 2016, os dois reservatórios registraram volume de 15,23% e 19,25%, respectivamente.

O presidente do Instituto afirma que o governo estadual realiza ações para manter as reservas, através de monitoramentos, controle e fiscalização. Segundo as informações da Somar Meteorologia, as chuvas serão irregulares e de baixo acumulado nos próximos dias. “Um Vórtice Ciclônico de Alto Nível se aproxima do interior do Estado, mas os volumes ainda são baixos”, afirma a técnica em meteorologia Patrícia Vieira. Além disso, as temperaturas seguem elevadas, fazendo com que a demanda de água seja maior.

O relatório do Igarn chama atenção para a necessidade de chuvas acima da média para que os reservatórios de maior porte armazenem água. Ao longo do verão, comenta Vieira, há possibilidade de uma ZCIT (Zona de Convergência Intertropical) aumentar os acumulados, mas até meados fevereiro as chuvas continuam irregulares.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

Fim de semana terá tempo firme na faixa central do país