Região Sul tem chance de neve na segunda-feira (17)

Baixas temperaturas associado à umidade da chuva aumenta chance de formação de neve no Rio Grande do Sul e Santa Catarina

A previsão da Somar Meteorologia é de formação de neve nos três Estados da região Sul, Uruguai e Argentina na próxima semana.

Neve deve atingir Argentina, Uruguai, Rio Grande do Sul e Santa Catarina

Neve deve atingir Argentina, Uruguai, Rio Grande do Sul e Santa Catarina

Já no sábado (15) há possibilidade de neve no interior argentino, nas proximidades de San Luis e Rio Cuarto. Do fim de semana até a segunda-feira (17), o fenômeno deve atingir também Neuquén, Bahia Blanca e Santa Rosa e a capital Buenos Aires.

A partir de domingo (16), uma frente fria deixa as temperaturas em declínio no Rio Grande do Sul e na segunda há expectativa de temperaturas em torno dos -4ºC nas serras gaúcha e catarinense. O frio associado à umidade das chuvas aumenta a chance de neve.

As cidades gaúchas de Santa Maria e Cruz Alta devem registrar chuva congelada durante a manhã de segunda. Entre o norte do Rio Grande do Sul e a Serra Catarinense são esperadas chuvas congeladas e queda de flocos de neve, que atingem a cidade de Passo Fundo e municípios da Serra Gaúcha, como Gramado, Caxias do Sul e Bento Gonçalves. O fenômeno fica visível durante boa parte da segunda-feira.

No Paraná, o tempo muda no fim do domingo e o Estado recebe chuvas e trovoadas nas faixas sudoeste e sul. A massa de ar frio causa declínio de temperatura e, junto com a precipitação, pode formar neve nos pontos mais altos durante a manhã da segunda-feira, abrangendo a área entre Palmas e União da Vitória. Trata-se da maior extensão de neve na região Sul desde 2013.

A onda de frio que chega ao Rio Grande do Sul no domingo avança rapidamente e alcança os demais Estados da região no fim do dia. “As mínimas ficam entre 0ºC e 3ºC no interior gaúcho e, nas serras, as máximas não passam dos 10ºC”, afirma o meteorologista Celso Oliveira.

De acordo com o profissional, o sistema vai reposicionar o bloqueio atmosférico que tem inibido as chuvas na região. “As chuvas ficam persistentes em Santa Catarina, com acumulados próximos a 70 mm, e o Estado gaúcho tem umidade e frio extremo nas áreas de fronteira com o Uruguai, o que significa condições favoráveis para a neve na segunda”, explica.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

 

Tempo firme no Sudeste dificulta elevação do nível do Cantareira

Quando o frio volta para o Rio Grande do Sul?