" }
Queimadas: Brasil registra quase 178 mil focos de incêndio

Valor é 17% abaixo do que foi registrado no ano passado

O ano de 2016 se aproxima do fim e o número de queimadas em todo o Brasil não para de aumentar. De acordo com os dados do Monitoramento de Queimadas e Incêndios do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) divulgados até a última terça-feira (29), já foram quase 178 mil focos de incêndio.

Expectativa é de mais queimadas em 2016 / Fonte: Somar Meteorologia

Fonte: Somar Meteorologia

Os principais Estados com maiores registros são Mato Grosso (29.047), Pará (25.385), Maranhão (19.952), Tocantins (14.681), Amazonas (11.805) e Rondônia (11.463). Além disso, os biomas brasileiros com mais queimadas são Amazônia com 46,1% e Cerrado com 33,9%.

Apesar disso, o valor total é 17% abaixo do que foi registrado no ano passado, quando houve 216.664 focos. Segundo a Somar Meteorologia, o que explica esta diminuição são as chuvas que voltaram mais cedo, especialmente na região central do país, algo bem diferente do que foi registrado em 2015.

“O Oceano Pacífico Equatorial passou por um período de neutralidade e agora está com uma configuração de La Niña e assim, a atmosfera fica mais fria e acaba inibindo os focos de incêndio. Além disso, quando há mais nebulosidade mesmo que não chova, o solo consegue manter a umidade”, explica a meteorologista Olívia Nunes.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

 

 

Como será dezembro?

Meteorologia volta a apontar possibilidade de La Niña