Próximas semanas serão chuvosas no Rio Grande do Sul

Chuvas migram da faixa central do país para a região Sul na segunda quinzena de janeiro e deixam acumulados significativos no Estado gaúcho

Com poucos episódios de chuva, a primeira metade de janeiro foi marcada pela predominância de tempo firme e quente no Rio Grande do Sul. Até esta semana, a capital havia recebido apenas 23mm de chuva que ocorreram entre o segundo e terceiro dia do mês, mas de acordo com a Somar Meteorologia, a próxima quinzena deve ser marcada por uma mudança no padrão.

35760875011_9b047207e1_b (1)

Chuvas atingem o Rio Grande do Sul a partir da próxima semana/ Fonte: Pixabay

Segundo a técnica em meteorologia da Somar, Patricia Vieira, o avanço de áreas de instabilidade que se formam em sequência atraem a umidade da Amazônia para o Rio Grande do Sul a partir do domingo (14) e os acumulados elevados que ficaram concentrados no Centro-Norte nas últimas semanas, passam a atingir principalmente o norte gaúcho.

O retorno das chuvas deve beneficiar principalmente os reservatórios de energia e irrigação da região, além das áreas produtoras que vinham passando por um período de estiagem em que a umidade do solo chegou a níveis abaixo do ideal. Ainda assim, há possibilidade de que os volumes fiquem ligeiramente abaixo da média em alguns municípios.

As precipitações mais frequentes também devem amenizar o calor, e as máximas que chegaram a atingir os 36ºC no início do ano do ano e permaneceram acima dos 30ºC na maior parte da primeira metade de janeiro, ficam mais amenas até o final do mês.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

Brasil fecha 2017 com recorde de queimadas desde 1999

Somar Meteorologia lança plataforma para o agronegócio