Por que ficamos mais sonolentos no frio?

As temperaturas diminuem e os ânimos caem junto? Entenda o motivo:

O friozinho chegou e com ele muita gente sente bater aquela preguiça. Mesmo depois de sair da cama, parece que a disposição é algo difícil de alcançar. O neurologista da Rede D`Or São Luiz, Flavio Augusto Sekeff Sallem, explica por que isso acontece:

winter-1080045_1920

Por que ficamos mais sonolentos no frio?/ Fonte: Pixabay

De acordo com o médico, o frio não está diretamente ligado à sonolência ou preguiça, mas o frio produz condições ambientais para isso. “Quando a pessoa treme de frio, o corpo dela está em atividade, ele gera calor para o ambiente para se aquecer, o que implica em um gasto maior de energia”.

Em compensação, aquele casaco quentinho também pode contribuir para aumentar a preguiça. “Quando nos aquecemos, o corpo relaxa, e aumenta a sensação de sonolência”, explica. “Além disso, o metabolismo cerebral também diminui. Quanto mais frio, menor é a atividade do cérebro. É o que culmina nos casos de hipotermia”.

Apesar das baixas temperaturas registradas durante o outono e o inverno, o médico ressalta que no Brasil, como país tropical, esses efeitos são menores comparados aos locais mais próximos dos pólos, onde os extremos de frio costumam ocorrer com maior frequência.

2017 menos preguiçoso

Segundo o meteorologista Celso Oliveira, da Somar Meteorologia, as ondas de frio de 2017 devem ser menos intensas e de curta duração em comparação ao ano de 2016. “Extremos de temperatura até podem ser atingidos, mas com o Oceano Pacífico em processo de aquecimento, as ondas de frio também devem atingir o país com menor frequência que no último ano quando o oceano estava se encontrava em uma fase de resfriamento”.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

Será que o frio continua em maio?

Oceano Pacífico segue em neutralidade climática