Nível do Cantareira volta aos 45% na primeira quinzena de janeiro

Chuvas que ajudaram a recuperar o nível do reservatório que terminou o ano perto dos 40% devem continuar até a próxima semana

As chuvas que atingem o Cantareira desde a virada do ano chegaram a um total acumulado de 120mm na primeira quinzena de janeiro e de acordo com os dados da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), o nível do reservatório que terminou 2017 com 41,3% de sua capacidade, conta agora com 45,5%.

shutterstock_27815236

Nível do Cantareira se eleva em janeiro/ Fonte: Banco de imagens da Somar Meteorologia

Segundo o INMET (Instituto Nacional de Meteorologia), o volume recebido no Cantareira na primeira metade do mês equivale a cerca de 45% da média de janeiro, que é de 262,mm e a previsão da Somar Meteorologia, é de que as precipitações continuem ao longo da segunda quinzena.

“A expectativa é de que as chuvas fiquem próximas da média na maior parte do Estado de São Paulo em janeiro e o mesmo vale para fevereiro que também deve receber os maiores acumulados na segunda metade do mês”, afirma a meteorologista da Somar, Olívia Nunes.

Com volumes entre 60mm e 75mm de chuva, todos os demais reservatórios da Grande São Paulo registraram aumento no nível de água armazenada, com destaque para  os sistemas Guarapiranga e Alto Cotia que tiveram aumento entre 4% e 5% nesta primeira quinzena e operam com 65% e 84,6%, respectivamente.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

Chuvas são distribuídas pelo Brasil na próxima semana

Brasil fecha 2017 com recorde de queimadas desde 1999

Somar Meteorologia lança plataforma para o agronegócio