Cidades do norte mineiro ultrapassam a média de chuva

Em apenas oito dias, Minas Gerais acumula chuvas acima do esperado para fevereiro

Um corredor de umidade da Amazônia tem provocado chuvas no interior do país nos últimos dias. Os acumulados elevados em Minas Gerais provocaram, na quarta-feira (07), o transbordamento do Rio Doce, que já atinge bairros ribeirinhos de Governador Valadares.

Chuvas migram para o sul do Estado na próxima semana / Foto: Banco de Imagens da Somar Meteorologia

Chuvas migram para o sul do Estado na próxima semana / Foto: Banco de Imagens da Somar Meteorologia

Nesse município mineiro, os volumes de chuva chegaram, até agora, a 231,4mm, conforme dados do INMET (Instituto Nacional de Meteorologia). Os acumulados superam em cerca de 80% a média, que é de 129,2mm. Na capital Belo Horizonte, o acumulado chegou a 157,9mm, o que representa 77% dos 206,3mm esperados no mês.

Em janeiro, as chuvas foram frequentes no centro e norte do Estado de Minas Gerais. A precipitação ultrapassou os 100mm em cidades dessas áreas. Em oito dias de fevereiro, as instabilidades seguem concentradas no norte mineiro e o INMET já registra acumulados superiores à média mensal de algumas cidades. Em Montes Claros, as chuvas chegaram a 271mm, cerca de 190% a mais que o esperado, que é de apenas 94,2mm.

De acordo com a Somar Meteorologia, a tendência de tempo instável continua no Estado, inclusive na capital. “O padrão de chuva muda, com dias de tempo mais ensolarados e pancadas à tarde na próxima semana”, afirma o meteorologista Celso Oliveira. Ao longo dos dias, a precipitação migra para áreas ao sul do Estado.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

Como vai ficar o tempo no Carnaval?