Chuvas aliviam a seca em parte do Nordeste

Precipitações significativas atingiram a região em fevereiro, mas preocupação com período de estiagem continua

A atuação de uma ZCIT (Zona de Convergência Intertropical) somada a áreas de instabilidades fez de fevereiro um mês de chuvas significativas no Nordeste e março não começou muito diferente. De acordo com a Somar Meteorologia as precipitações devem continuar até o final desta primeira quinzena com grandes volumes concentrados principalmente no norte da região.

Foto Guilherme Cecílio  flickr

Chuva continua até a próxima semana no Nordeste/ Fonte: Banco de imagens da Somar Meteorologia

Segundo a Funceme (Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos), o Ceará, que passava por um período de seca excepcional até janeiro, assim como grande parte dos demais Estados da região, terminou fevereiro com acumulados em torno dos 33% acima da média. Foram 158,7mm, ante a média de 118,6mm, o que ajudou a aliviar o déficit hídrico.

A previsão da Somar, é de que a ZCIT continue a provocar precipitações volumosas nos Estados do Maranhão, Piauí, Ceará, litoral do Rio Grande do Norte, oeste de Pernambuco e interior da Bahia até a próxima semana. Apenas no sul da Bahia e as áreas entre Sergipe e Paraíba é que continuam com predominância de tempo firme.

Apesar da chuva contribuir com a recuperação da região, para o meteorologista da Somar, Celso Oliveira, o cenário ainda pede atenção. “Estas áreas passaram por um período de seca muito prolongado, e apesar dos volumes significativos, os reservatórios e açudes não conseguiram se recuperar completamente. Apesar do alívio, o período seco que começa a partir de julho, pode voltar a se tornar um problema em 2017”.

Além disso, o calor continua na região, com temperaturas em torno dos 30ºC, o que pode provocar um aumento no consumo da água. “Apenas nos locais onde a chuva é mais persistente, é que a sensação é de tempo um pouco mais ameno, ainda assim, não fica muito abaixo dos 27ºC”, finaliza.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

 

Onde vai dar praia no fim do verão?

Como se mede o volume da chuva?