Norte do Sudeste continua sem chuva

Frente fria avança sobre parte da região, mas seca persiste no norte de Minas Gerais e Espírito Santo

O calor e o tempo seco marcam a metade norte da região Sudeste desde o início do verão. No Espírito Santo, a região metropolitana de Vitória não registra chuvas há pelo menos 20 dias, enquanto as cidades mineiras mais próximas à Bahia já completam 30 dias sem precipitações, e o padrão deve continuar nesta semana.

De acordo com a meteorologista Fabiene Casamento, uma frente fria formada nesta segunda-feira (09) na região Sul, deve trazer chuva para a metade sul do Sudeste, mas o sistema perde força e não consegue avançar as áreas que estão sob longa estiagem em Minas Gerais e Espírito Santo. “As precipitações até chegam, mas ficam concentradas apenas nas áreas mais próximas do Rio de Janeiro e São Paulo, enquanto o norte dos dois Estados permanece seco”, comenta.

SE_estiagem_atual

Cidades completam um mês sem chuva no norte do Sudeste/ Fonte: Banco de imagens da Somar Meteorologia

No restante do Sudeste, áreas de instabilidades associadas ao calor e umidade provocam chuva desde o fim de semana. Cidades no interior do Estado paulista como Ribeirão Preto, registraram mais de 40mm de chuva no domingo (08), mas somado ao sábado, o volume passa dos 70mm a passagem da frente fria promete mais temporais a partir da metade da semana.

Segundo Fabiene, o sistema chega ao sul do Estado de São Paulo a partir da quarta-feira (11). A chuva se concentra no interior paulista, e os acumulados totais devem passar dos 100mm até o final desta semana nos arredores de Campinas.

“A chuva avança entre a quarta e a quinta-feira (12) e atinge toda a metade sul de Minas Gerais, inclusive a cidade de Belo Horizonte, com volumes similares aos da última semana, quando a capital mineira registrou queda de granizo e ventania”, comenta a meteorologista.

O aumento na nebulosidade promete baixar ligeiramente as temperaturas até o sábado, e as máximas ficam até 5ºC mais baixas comparadas ao início da semana, mas a sensação de abafamento continua. Em São Paulo, as temperaturas oscilam entre os 27ºC e 30ºC, enquanto em Belo Horizonte não passam dos 25ºC na terça-feira (10).

A chuva chega a atingir o Estado do Rio de Janeiro, mas com os acumulados mais significativos na região serrana e oeste fluminense. Na capital, as precipitações que ocorrem em forma de pancadas mais fracas e isoladas não devem contribuir muito para a diminuição das temperaturas, mas aliviam a sensação de calor.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

 

O que esperar de janeiro?

Até quando a seca persiste no Nordeste?

Chuva se espalha para boa parte do país nesta semana

Como evitar as doenças típicas de verão?