Chuva de meteoros Orionídeas abre o fim de semana

Fenômeno anual poderá ser visto a olho nu na noite desta sexta-feira (20). Cerca de 20 meteoros devem riscar o céu a cada hora

Formada pelos detritos do famoso cometa Halley, a chuva de meteoros Orionídeas pode ser vista todos os anos no Brasil, entre os dias 15 e 29 de outubro, mas é na madrugada desta sexta-feira (20) para o sábado (21) que ocorre o pico do evento. Até 20 estrelas cadentes por hora devem atravessar o céu ao longo da noite.

giphy

O momento mais propício para observar o fenômeno é após a meia-noite, quando a visualização da constelação de Orion se encontra no ápice, mas a partir das 23h já é possível localizar a constelação na direção leste, ela é popularmente conhecida no Brasil como “As Três Marias”.

De acordo com o meteorologista Celso Oliveira, da Somar Meteorologia, a atuação de dois sistemas de baixa pressão devem impossibilitar a visualização dos meteoros por conta da alta nebulosidade. No Estado de São Paulo, sul de Minas Gerais e Mato Grosso, além do Mato Grosso do Sul, o tempo também fica instável, mas ainda há possibilidade de ver a chuva de meteoros em alguns momentos.

“A vista deve ser privilegiada no norte de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, norte de Goiás e Distrito Federal, Tocantins, parte do Estado do Pará e em toda a região Nordeste, onde o tempo permanece aberto durante a maior parte do fim de semana, com poucas nuvens apenas no norte do Sudeste no momento da chuva de meteoros”, afirma Oliveira.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.