Campanha do Agasalho aquece moradores de rua em SP

Frio deve ser menos frequente em 2017, mas extremos de temperatura ainda podem acontecer e aumentam o risco de pessoas em situação de vulnerabilidade

O inverno começa só em 21 de junho, mas ondas de frio já passam pelo país desde abril. De acordo com a Somar Meteorologia, as temperaturas mínimas devem chegar perto dos 7ºC nesta sexta e sábado (10) na capital paulista e esse frio deve deixar muita gente animada, mas também é motivo de preocupação.

malu

Campanha do agasalho/ Fonte: Governo do Estado de São Paulo

Em 2016, mais de 25 moradores de rua morreram durante os períodos de temperaturas mais baixas, na primeira quinzena de junho. Apesar do IML (Instituto Médico-Legal) afirmar que as mortes não ocorreram por hipotermia, não se descarta a possibilidade de doenças cardíacas e respiratórias terem sido agravadas pelo frio intenso.

Segundo o meteorologista da Somar, Celso Oliveira, as ondas de frio devem ser menos frequentes neste ano. “Os intervalos entre as massas de ar polar devem ser maiores em comparação ao ano passado, mas extremos de temperatura ainda podem ocorrer”.

Para amenizar os riscos de pessoas em situação de vulnerabilidade nestes dias de frio, algumas instituições fazem campanhas de arrecadação de roupas. Entre as mais conhecidas está a Campanha do Agasalho, que é uma iniciativa do FUSSESP (Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo) em parceria com todas as secretarias de São Paulo, grandes empresas e a população.

Com o tema “Quando o problema é grande, a ajuda também tem que ser”, a personagem Malu Moletom, que também protagonizou a campanha em 2016, volta para ajudar um gigante que não possui roupas e moradia para passar o inverno. No ano passado, a campanha arrecadou mais de 280 mil peças só nos postos do Poupatempo.

As doações são encaminhadas a hospitais, entidades assistenciais e albergues de todo o Estado de São Paulo durante a campanha, que conta com diversos pontos de arrecadação que podem ser encontrados por proximidade de endereço no portal do Governo e acontece até meados de agosto, além das roupas, calçados e cobertores também podem ser doados.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

Tempo vira nesta sexta-feira em São Paulo

O que esperar do tempo em junho?

Frio marca o fim de semana que antecede o Dia dos Namorados