Por que as articulações doem mais no frio?

Especialista recomenda cuidados para diminuir o impacto do frio nas articulações durante o inverno

A estação mais fria do ano começou  em 21 de junho e de acordo com a Somar Meteorologia, o inverno deve ser menos frio em comparação ao ano passado, com massas de ar polar menos intensas e de curta duração, mas que ainda assim, devem deixar as temperaturas mais baixas. E muita gente deve sentir o impacto nas articulações durante os dias mais frios, ou a conhecida “dor nas juntas”.

Dores crônicas podem aumentar em períodos de frio/ Fonte: Diariu Indus

Dores crônicas podem aumentar em períodos de frio/ Fonte: Diariu Indus

Segundo os especialistas da rede de hospitais São Luiz, existem várias hipóteses para o aparecimento desse desconforto como, por exemplo, a mudança da pressão do ar em climas mais frios, além disso, em dias de baixas temperaturas os músculos se contraem involuntariamente para manterem o aquecimento, o que faz com que o sangue saia das articulações em direção ao tronco.

“Além disso, o frio deixa os terminais responsáveis por levar informações de dor ao cérebro, mais sensíveis, o que faz com as pessoas que já possuem problemas nas articulações e na circulação do sangue sintam os efeitos das baixas temperaturas com maior intensidade e consequentemente tenha uma sensação maior de dor”, afirma o ortopedista Thiago Bernardo Carvalho de Almeida, do iFor.

De acordo o profissional, qualquer pessoa pode sofrer com as dores nas articulações, mas geralmente os idosos representam o maior numero de ocorrências. Para evitar as dores, o especialista recomenda aquecimentos e alongamentos. “mas para quem já sofre de problemas articulares como artrite e artrose, atividades com menor impacto são mais adequadas”, finaliza Almeida.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

Como foi o outono?

Como será o inverno sem o El Niño?