Oscilação térmica no outono pode prejudicar a saúde

Por ser uma estação de transição, o outono possui características do verão e do inverno, entenda como essa oscilação no tempo pode atingir a sua saúde e proteja-se

O outono marca uma transição entre a estação mais quente e a mais fria do ano. Isso significa que a estação começa com temperaturas mais parecidas com o verão, e termina com mais cara de inverno, o que não impede o aparecimento de ondas de frio intercaladas com os períodos de calor durante toda a estação, e isso pode influenciar na sua saúde.

Oscilação nas temperaturas durante o outono pode prejudicar a saúde/ Fonte: Banco de imagens da Somar Meteorologia

Oscilação nas temperaturas durante o outono pode prejudicar a saúde/ Fonte: Banco de imagens da Somar Meteorologia

Este período conta também com a oscilação térmica diária, “como o outono é mais seco que o verão, a diferença entre as mínimas e máximas é maior, ou seja, temos noites e madrugadas mais frias e tardes com temperaturas elevadas”, explica o meteorologista da Somar, Celso Oliveira.

Ainda de acordo com o meteorologista, as regiões que normalmente sentem mais essa diferença no outono são o Sul, Sudeste e o Centro-Oeste.

Para o médico José Antonio Pinto, otorrinolaringologista da rede de hospitais São Camilo, as pessoas mais afetadas nesta época, são as que já possuem problemas respiratórios como asma e rinite. “a prevalência é maior em crianças e idosos porque a imunidade deles é um pouco mais baixa e não responde tão bem às variações de temperatura”, conta o especialista.

Resfriados, gripes, rinites e crises de asma são as principais ocorrências que levam pacientes aos hospitais. Mas cuidados simples podem ser tomados para evita-las. O médico recomenda evitar ambientes aglomerados e fechados, higienizar sempre as mãos e lavar o nariz (normalmente com soro fisiológico).

Já pegou?

Para quem já está doente, proteger a boca e o nariz ao tossir ou espirrar, preferencialmente com um lenço, é o ideal para evitar a contaminação do ambiente e a propagação das doenças. “No período de outono e inverno as pessoas costumam ficar em locais fechados onde não há circulação de ar, isso aumenta a possibilidade de contaminação e transmissão”, explica Antonio.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.
O tempo influencia na propagação do vírus H1N1?

OMM alerta para mudanças climáticas

O que esperar de abril?