Dengue: Incidência de insetos pode aumentar na virada do mês

Com chuva e calor, surgimento de insetos aumenta e consequentemente o número de casos de dengue e zika também podem aumentar

Já foi explicado aqui como o clima influencia os insetos, e como a incidência de bichinhos aumenta na primavera e no verão por conta do calor e da chuva.

Incidência de mosquitos transmissores da dengue pode aumentar no fim do verão/ Fonte: Marcos Teixeira de Freitas via Flickr

Incidência de mosquitos transmissores da dengue pode aumentar no fim do verão/ Fonte: Marcos Teixeira de Freitas via Flickr

De acordo com o meteorologista da Somar Meteorologia, Celso Oliveira “a frequência das chuvas em março deve ser maior que fevereiro e similar a janeiro, com precipitações concentradas principalmente no Centro-Norte do país, e isso pode aumentar a incidência de insetos como os mosquitos que transmitem dengue, chikungunya e zika”.

“Agora no fim do verão, é que normalmente são registrados os maiores números de casos de doenças causadas por insetos, porque o período de incubação e desenvolvimento dos mosquitos já passou”, comenta o meteorologista.

Outono

Para a segunda metade de março, com o início do outono no dia 20, as notícias são mais otimistas, já que uma onda de frio sobre o Sul e Sudeste do Brasil promete amenizar um pouco as temperaturas e grande parte do país, e consequentemente diminuir a incidência de insetos, incluindo os mosquitos da dengue.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

 

Zika vírus pode aumentar no verão. Saiba como evitar

Calor diminui na virada do mês

Frio começará mais cedo em 2016