" }
Como a alimentação é influenciada pelo tempo?

Entenda como o frio e o calor impactam na sua fome e saiba como lidar

Você já reparou em como a fome parece maior nos dias de frio e no calor bate aquele desânimo para comer? Isto acontece porque o corpo humano é constantemente influenciado pelo tempo. Entenda:

Dia da Nutricionista

Nutricionista indica alimentação ideal para o frio e o calor/ Fonte: Banco de imagens da Somar Meteorologia

De acordo com a nutricionista Lais Amigo, residente no Hospital e Maternidade Cachoeirinha, a sensação de fome costuma aumentar no frio por conta da energia que o corpo utiliza para se manter aquecido. “No inverno, as pessoas passam a consumir alimentos mais calóricos para repor essa energia”.

Além disso, os alimentos gordurosos possuem um efeito termogênico, que eleva a temperatura do corpo de dentro para fora e dá uma sensação de conforto. “Enquanto no verão, ocorre justamente o contrário, as pessoas perdem o apetite justamente porque o desconforto do calor aumenta com o consumo de calorias”, explica.

Além da manifestação natural, a vontade de comer alimentos mais gordurosos também pode estar ligada a uma questão cultural. “Antigamente, o inverno era uma época de escassez de alimentos plantados, então o consumo de laticínios e carne era maior e esse costume foi passado de geração em geração”, comenta a especialista.

Alimentação ideal

Segundo Lais, o consumo de alimentos calóricos no inverno também está ligado ao ganho de peso excessivo, por isso, a nutricionista recomenda a preferência por bebidas e alimentos quentes, como sopas, caldos e chás.

Já para os dias de calor, a profissional indica o consumo de alimentos mais frescos, gelados e leves. “O importante é evitar comidas gordurosas para evitar aquele efeito termogênico e aliviar o calor”, finaliza.

 

Veja agora a previsão do tempo na sua cidade.

 

Como será setembro?

Agosto se despede com chuva acima da média

Por que a preguiça aumenta no frio?

Como se mede o volume da chuva?